#SANTASEGURANÇA

Aumento da criminalidade

 

Estudos recentes mostram que está havendo um deslocamento do crime organizado das capitais para cidades do interior, isto se reflete no número cada vez maior de assaltos, no aumento do tráfico de drogas e outros crimes contra as pessoas e propriedades. Por isso os esforços agora devem ser concentrados em aumentar a presença policial nas ruas de todas as cidades, para prevenir e combater o crime.

 

Relação de policiais por habitante

De acordo com o Serviço de Inteligência da Polícia Militar a proporção ideal para garantir segurança ao cidadão em uma comunidade é de 1 policial para cada 400 habitantes.

 

Santa Catarina

 

Santa Catarina tem pouco mais da metade dos policiais necessários para um bom trabalho de prevenção e combate ao crime. Temos hoje 1 policial para cada 700 habitantes no Estado.

AMVALI

 

Em 2002, a AMVALI (Associação dos Municípios do Vale do Itapocu) tinha uma população de 115.000 habitantes atendida por um efetivo de 189 policiais. Isto dava uma relação de 1 Policial Militar para cada 608 habitantes.

Em 13 anos, o número de policiais caiu quase pela metade. Hoje, na AMVALI são 230 PM para uma população de 271.731* habitantes, ou seja: 1 PM para cada 1.181 habitantes.

 

Jaraguá do Sul

 

Em Jaraguá do Sul, temos 151 PM para uma população aproximada de 150.000* habitantes. Cerca de 1 PM para cada 1000 habitantes, menos da metade dos metade dos policiais necessários para um bom trabalho de prevenção e combate ao crime.

Precisamos atingir a proporção ideal, de 1 policial para cada 400 habitantes, para proporcionar melhores condições de segurança para a população.

(*) Dados populacionais do Censo IBGE de 2010.

 

Uma polícia bem equipada

Para enfrentar o crime organizado é preciso que a polícia esteja bem equipada de armas, veículos, equipamentos de comunicação e tecnologia de ponta para prevenir, investigar e combater de forma eficiente os atentados à segurança.

O Estado e a sociedade devem incentivar a segurança pública, por meio da concessão de benefícios fiscais e/ou tributários a empresas ou organizações que façam a doação de materiais e equipamentos para as forças estaduais de segurança, isso pode ser feito via Conselhos Comunitários de Segurança – CONSEG.

 

Bombeiros

 

O Deputado Dr. Vicente é o relator Proposta de Emenda à Constituição elaborada pela Comissão de Defesa Civil propondo que o Estado estimule e apoie técnica e financeiramente entidades privadas de combate e prevenção de incêndio, ou seja, os Corpos de Bombeiros Voluntários, entidades de fundamental importância nos municípios não atendidos pelos Bombeiros Militares e que devem receber algum respaldo do governo.